Gestão

Marketing para pequenas empresas de comunicação visual: qual estratégia seguir?

Quando a palavra “marketing” aparece nas conversas do dia a dia, muita gente logo pensa em campanhas publicitárias incríveis e estratégias inovadoras de mercado, normalmente traçadas por empresas de grande porte. Talvez por isso, a maioria dos pequenos empresários de comunicação visual acabe deixando de lado ações fundamentais para o crescimento do seu negócio, acreditando que marketing é apenas coisa de players absolutos de mercado.

Mas não é bem assim: embora o marketing para pequenas empresas de comunicação visual seja uma pauta pouco trabalhada pelo fato de as dicas envolverem cifras que ficam fora do alcance dos microempresários, dá para trabalhar nessa área traçando estratégias eficazes sem comprometer o bolso. Confira!

Marketing bom é aquele que você consegue mensurar

O primeiro grande dilema do marketing para pequenas empresas é que, muitas vezes, os profissionais focam apenas na estratégia criativa, esquecendo-se de pensar de que forma serão medidos os resultados. Por isso, a primeira coisa que você deve definir, já que não tem muito capital para investir, é numa maneira de descobrir se os esforços estão valendo a pena.

Henrique Tormena, gerente regional na Endeavor, dá um exemplo de como isso deve funcionar. “Se o objetivo da sua campanha é gerar contatos, você precisa conseguir medir quantos contatos você realizou por meio dos seus anúncios. Não enxergar uma maneira de identificar que a campanha está dando retorno é um sinal para ficar longe da possibilidade de investimento”, alerta.

Além disso, é importante definir as ações a serem tomadas para cada mídia – a de massa e a dirigida. A primeira envolve todo tipo de propaganda que impacta muita gente sem distinção, como a televisão, o rádio e a mídia exterior. Uma boa forma de mensurar esses meios é medindo a quantidade de ligações que você recebe durante um período sem campanha e, então, medir novamente durante a campanha. Se novos clientes procuraram sua gráfica ou empresa do ramo da comunicação visual, você tem uma boa noção se a ação funcionou ou não.

Já na mídia dirigida, que envolve revistas, malas diretas e a internet, você pode personalizar um pouco mais os resultados, criando uma página diferente no seu site para cada tipo de anúncio, além de investir nas redes sociais.

Existem ações de marketing para todos os tamanhos de orçamento

A internet é, sem dúvida, uma boa ferramenta de marketing para pequenas empresas. Isso porque ela possibilita investimentos de todos os tamanhos: desde anúncios de R$ 10 até campanhas milionárias. Você pode começar devagar e, ao sentir o resultado, ir aumentando os investimentos, aos poucos.

Talvez você não tenha uma agência especializada por trás para te ajudar nas campanhas, mas investimentos no Facebook, por exemplo, são fáceis de serem feitos por possuir um formato bastante intuitivo na sua configuração.

Mas a maior vantagem, seja no Facebook ou em qualquer outro canal, é a possibilidade de segmentar seu público por interesses, classe social, sexo, idade e outras variáveis. Assim, é possível excluir aqueles que não são potenciais compradores da sua empresa e focar somente nas pessoas que possuem maior probabilidade de fechar negócio com você.

Acredite no marketing de relacionamento na sua região

Uma boa forma de ficar conhecido é adentrar nas associações comerciais ou outros tipos de eventos e convenções que reúnam pessoas que possam querer usufruir dos seus serviços. Patrocinar um evento para publicitários, fornecendo o material gráfico, ou dar uma palestra para um grupo de empresários sobre algo que você domina, pode abrir portas.

Com as associações, você ainda pode oferecer permutas nos serviços gráficos em troca de divulgação, como ter acesso ao mailing de pessoas cadastradas na empresa ou a possibilidade de deixar exemplos de materiais produzidos por você nas dependências de uma reunião, por exemplo. Essas são maneiras de demonstrar o seu trabalho, se fazer conhecido e aumentar a sua cartela de clientes.

Estratégias simples de marketing para pequenas empresas podem ser o fator crucial no crescimento do negócio. Afinal, investir em ações que você consiga mensurar e tenham maior sinergia com seus potenciais clientes é essencial para as chances de sucesso serem maiores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *