Oportunidades

Especialista desvenda a indexação de cores; técnica cria estampa com imagem realista melhor que CMYK

Indexação de cores é um assunto cada vez mais buscado pelos profissionais de impressão serigráfica por dois excelentes motivos: o processo produz estampas realistas com alta qualidade e baixo custo quando comparado com impressão têxtil digital. Para quem ainda não está familiarizado, essa técnica permite limitar o número de cores em uma imagem a um conjunto específico e predeterminado de cores no Photoshop.

Para entender sua relevância, é preciso saber que antes da indexação de cores sempre se utilizou muito a impressão CMYK como forma de reproduzir imagens realistas complexas em serigrafia, explica Sérgio Machado de Lima, professor e consultor do Senai Artes Gráficas do Rio de Janeiro. Resultados positivos são alcançados em tecidos brancos, em preto nem tanto.

Isso porque é preciso aplicar uma camada branca, que deixa aspecto pesado na estampa, para receber a quadricromia. Já com a indexação, aliada à tinta de plastisol, é possível alcançar cores mais vivas nas estampas sobre um substrato escuro. “Isso porque a tinta é impressa diretamente sobre o tecido sem a necessidade de base branca.”

Se você deseja alcançar um excelente resultado final com essa técnica, o professor recomenda a utilização de impressora do tipo carrossel, pois nela é possível controlar a repetibilidade da impressão com ajustes de velocidade, pressão e inclinação do rodo impressor. Outro ponto importante é a escolha de equipamentos de gravação de matrizes digital, os CTS (Computer To Screen), capazes de reproduzir imagens complexas com muita qualidade de resolução em telas serigráficas. “Com o uso desses recursos você certamente alcançará um ótimo resultado final, agregando valor ao produto ao criar um diferencial competitivo.”

“Na técnica, a tinta é impressa diretamente sobre o tecido sem a necessidade de base branca”

Tecnicamente é assim
No Photoshop as cores são salvas como Color Look-Up Table ou, simplesmente, CLUT, que serve como um índice de cores em uma imagem. “Num sentido bastante vago, todas as imagens digitais são indexadas porque elas são compostas por um conjunto limitado de cores, definido pelo gamut de um determinado tipo de espaço de cor de uma imagem”, diz Lima.

O software tem uma rotina de indexação utilizada para reduzir o número de cores da paleta de gráficos destinados a internet com a finalidade de reduzir o tamanho do arquivo, porém é pouco utilizada pela serigrafia, devido a algumas limitações. Dessa forma, segundo o professor, especialistas desenvolveram processos dentro do próprio software da Adobe no qual pode-se realizar estampas realísticas com até 12 cores indexadas conseguindo ótimos resultados.

Os pontos da retícula em cores indexadas são dispostos lado a lado, o que permite a produção de matrizes serigráficas de melhor qualidade. “Considerando que as separações indexadas não utilizam tramas de meio tom, mas pixels quadrados em que todos têm o mesmo tamanho, outro fato interessante é que esse ponto não se sobreponha como ocorre na impressão em quadricromia.”

17