Colunistas

Dicas para definir pintura e instalação do ACM: Poliéster ou Kynar

mundo-acm-história-serigrafia-sign

Em minhas viagens pelo Brasil, promovendo cursos e palestras sobre Revestimento em ACM, tenho observado que ainda existem dúvidas nos instaladores em relação aos acabamentos superficiais do painel de ACM e as setas orientativas de instalação. Eles não sabem em que tipo de construção devem utilizar uma pintura com acabamento Poliéster ou PVDF (Kynar) e nem como as setas orientativas influenciam na qualidade do serviço final.

A norma e o mercado brasileiro
É importante enfatizar que a Norma ABNT NBR 15446:2006 – Painéis de chapas sólidas de alumínio e painéis de material composto de alumínio utilizados em fachadas e revestimentos arquitetônicos – Requisitos, estabelece que as chapas de alumínio que compõem o painel de ACM devem ser fornecidas com acabamento superficial pintado ou anodizado, devendo a face aparente, ou seja, externa, apresentar uniformidade de cor.

Observamos que os fabricantes nacionais e os distribuidores de painel de ACM importados mantêm em seus estoques apenas painéis com acabamento pintado, o que nos leva a crer que esse acabamento representa 100% do volume total do mercado brasileiro.

Duas pinturas mais comuns e normatizadas
As chapas de alumínio são pintadas em processo contínuo, que em inglês chamamos de coil coating. Esse processo é um dos mais modernos para aplicação de tinta líquida, garantindo durabilidade e uniformidade da cor. São duas variações de tintas normatizadas e mais comuns:

1. Tinta à base de PVDF (Fluoreto de Polivinilideno) – também conhecido como Kynar: a pintura é feita com camadas de primer e verniz, resultando em uma película com elevada resistência aos Raios Ultravioleta (UV), maior durabilidade e garantia de 15 a 20 anos, dependendo de cada fornecedor.

Dica de uso: é recomendado para uso externo, principalmente em construções que não necessitam alterar a fachada com frequência para atrair novos clientes, como, por exemplo, edifícios comerciais, grandes hospitais, órgãos públicos, entre outros.

2. Tinta à base de Poliéster – essa pintura apresenta menos camadas em sua fabricação, o que gera menor resistência. A pintura poliéster tem durabilidade de 5 anos.

Dica de uso: é recomendado para uso interno, sobretudo em peças de comunicação visual, mas também pode ser utilizada no lado externo, em fachadas de comércio ou serviço, totem, marquise e etc. Porém, a durabilidade pode ser comprometida devido às intempéries e à exposição ao sol.

Talvez o instalador de ACM – e tão pouco o cliente – ainda não se atentaram que uma fachada de comércio ou serviço não deve ser para sempre! Existe a necessidade de renová-la, no máximo, a cada três anos, para atrais novos clientes e causar novo impacto visual às pessoas que passam no local. Isso é estratégia de marketing.

Três dicas importantes para a instalação dos painéis pintados

Dica 1. A superfície externa do painel de ACM sempre vem com um filme de proteção, que deve conter informações do fabricante, marca do produto e setas orientativas de instalação. O lado oposto vem sempre com uma pintura de proteção à base de poliéster. É importante que o filme de proteção seja retirado somente após a instalação na obra, o mais rápido possível e no tempo máximo de 30 dias.

Dica 2. As pinturas incluem cores metálicas e não metálicas. Na instalação de painel de ACM com cores metálicas, é indicado que todas as setas orientativas fiquem posicionadas na mesma direção. Devido ao processo de pintura ser contínuo, os pigmentos metálicos ficam “arrumados” em uma mesma direção e, ao receberem a luz do sol, refletem a luz em determinado ângulo.

Dica 3. Em casos de instalações com setas em sentidos diferentes, podem ocorrer diferentes tonalidades na fachada, de acordo com o ponto de vista do observador. Portanto, como regra geral, sugiro sempre instalar os painéis de ACM com as setas voltadas para a mesma direção, independentemente se a cor é metálica ou não metálica. Outro ponto muito importante para garantir a mesma tonalidade em todos os painéis instalados é o de que todas as chapas sejam de um mesmo lote.

Todos esses aspectos apresentados em relação ao acabamento superficial do painel de ACM, nos levou a entender que precisamos estar muito atentos, principalmente, no posicionamento das setas orientativas, para a otimização e instalação correta dos painéis em uma construção. Acredito que se você tiver toda essa atenção, não terá custos imprevistos e sua obra será lucrativa.

Rodapé artigo - serig