Tendências

De películas sustentáveis a adesivos de pisos: conheça algumas das inovações em substratos do mercado

Quem atua no setor de comunicação visual e sinalização sabe o quão importante os substratos são para o desenvolvimento de soluções de produtos de qualidade. Afinal, eles são o fundamento, a base sobre a qual se aplicam as informações visuais que serão trabalhadas em determinado projeto.

Eles são classificados de acordo com suas características, podendo receber diversas nomenclaturas, como flexíveis, rígidos ou semirrígidos, mas a facilidade de acesso às novas tecnologias de corte e gravação tem permitido que os diferentes tipos de substratos sejam aproveitados pelas empresas para abrir novas oportunidades de negócio.

O que há de inovação de substratos

A tendência relacionada ao uso de materiais naturais, que priorizam a sustentabilidade ambiental, tem gerado o desenvolvimento de substratos flexíveis e rígidos que unem a alta tecnologia com a preservação do meio ambiente como tecidos e não tecidos, laminados em madeiras e melamínicos, vinílicos, plásticos, acrílicos, além de compostos minerais, metálicos e cerâmicos. “Na comunicação tradicional, os substratos têm recebido as inovadoras películas adesivas sem PVC, desenvolvidas para reduzir os impactos ambientais, além da  impressão à base de látex, ambientalmente mais responsável, além de adesivos líquidos”, afirma Elisa V. de Freitas, arquiteta da H2E Design.

No caminho da inovação de substratos destacam-se, também, os hologramas e as projeções. “O resultado garante efeitos inimagináveis. O foco é versatilidade, agilidade, retrofit, limpeza de obra e facilidade de manutenção, o que gera uma grande parceria entre a indústria e o prestador de serviço, não excluindo, é claro, o cliente final, formando, assim, uma cadeia completa de grande criatividade para atender a alta demanda por novidades e experiências inéditas”, ressalta a especialista.

Filmes para proteger janelas

São muito comuns os casos de vandalismo e pichações de muros e de intervenções em fachadas de estabelecimentos. Diante nisso, filmes indicados para proteger janelas e vidros contra esse tipo de dano, além de arranhões e corrosão, têm sido lançados no mercado.

As películas da Mactac, fabricante de mídias para sinalização, por exemplo, são transparentes e contam com adesivo acrílico permanente e liner de poliéster. Elas também são fáceis de limpar e remover, além de bloquearem a luz UV, que costuma desbotar as imagens impressas.

Películas sustentáveis

O MPI 1405 – filme adesivo sem PVC lançado pela fabricante Avery Dennison – é a mais recente opção para o envelopamento de veículos, outdoors, decoração, superfícies texturizadas, entre outros.

O adesivo é removível, de longa duração e não precisa de tanto calor durante a instalação. Além disso, mantém a saturação das cores e a integridade gráfica, mesmo quando é bem esticado – características fundamentais para aplicações em superfícies texturizadas.

Vinis reaplicáveis

Outra inovação de substratos são os vinis adesivos reaplicáveis. Os lançados pela Imprimax, por exemplo, são compostos por frontal de PVC monomérico calandrado de 200 micra, cola acrílica aquosa reaplicável e liner de papel couché de 120g/m2, duram até dois anos e são indicados para a aplicação em superfícies metálicas, madeiras, vidros e outros substratos.

Adesivação de pisos

Adesivar um piso de maneira segura para os pedestres e ainda fazer com que a comunicação visual seja durável não é uma tarefa fácil. Justamente por isso, o SpotOn Floor 200, película para adesivação em pisos, lançada pela Drytac no começo deste ano, surge como opção. Compatível com impressão digital, o adesivo é indicado para a aplicação em ladrilhos, mármores, madeira, entre outros tipos de pisos.

O material é antiderrapante e não exige laminação, sendo recomendado para ambientes fechados e ações de curto prazo.

Quer saber mais sobre as inovações de substratos disponíveis no mercado de comunicação visual? Acesse diariamente o nosso canal de conteúdo e acompanhe todas as novidades. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *